quarta-feira, 17 de julho de 2013

MENSAGEM AOS JOVENS CRISTÃOS

   “Lembra-te também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento.” (Eclesiastes 12.1)
    Quero trazer uma mensagem voltada para os jovens cristãos, pois sabemos que os jovens são a grande força e o futuro da Igreja, como também o futuro das demais áreas a serem ocupadas na sociedade.
    O que Salomão está nos ensinando através dessa passagem?
    Ele diz: “lembra do teu Criador nos dias da tua mocidade…” Está querendo expressar que o período da nossa vida onde temos maior disposição, energia, vigor, no qual estamos no auge da condição física, é o tempo da juventude.
    Sabemos que um jovem quando determina fazer algo e coloca isso na sua cabeça, ninguém pode barrá-lo ou impeli-lo; ele não mede esforços para conquistar ou pôr em prática seus planos. E o versículo ensina que é nesse momento da vida de um homem, na juventude, tempo de toda essa disposição, que devemos gastá-lo com Deus. Lançar toda essa energia e determinação nas coisas de Deus e na sua Palavra.
    Essa deveria ser a principal meta da juventude cristã: adquirir bagagem, conhecimento de Deus, experiências com Ele, adquirir profundo conhecimento bíblico, gastar horas em oração, começar a desenvolver um ministério, crescer à imagem de Cristo, ser um autêntico discípulo dele.
    Mas não é isso que tem acontecido com a juventude moderna. Eles estão envolvidos em inúmeras situações que não estão totalmente voltadas para Deus, tais como:

  Quantos cristãos estão gastando sua vida e depositando todos os seus sentimentos em um relacionamento, que na maioria dos casos está fora da direção de Deus, da aprovação dos pais e fora do tempo certo, tornando esses jovens dependentes desse relacionamento.
    
Eles investem toda a força no relacionamento, o que muitas vezes prejudica suas demais áreas da vida como: rendimento escolar, trabalho, relacionamento com outras pessoas e principalmente prejudica o relacionamento com Deus, a comunhão com o Espírito Santo e a identificação com as Escrituras, pois este tipo de jovem não tem tempo, nem coração pronto para isso.
    
    Tudo em sua vida está voltado para o relacionamento. São as chamadas paixões e romances juvenis, que em muitas partes têm sido apoiadas pelas “igrejas modernas”, que patrocinam encontros juvenis e até encontros de casais solteiros, estimulando o jovem a gastar sua juventude atrás de um relacionamento e não de Deus.

    Um relacionamento cristão não pode ser como o relacionamento ímpio, nem como a cultura ímpia! Temos a mente de Cristo e devemos seguir uma cultura bíblica, deve-se ter uma preparação para iniciar o relacionamento, deve haver condições para que um relacionamento seja sustentando.
    
  Veja o que a Bíblia diz em Gênesis 2:24. “Portanto deixará o homem seu pai e sua mãe, e apegar-se-à à sua mulher…” Preste atenção no padrão bíblico: não diz deixará o “menino” sua mãe… deixará o “adolescente” sua mãe… 
   
 A Palavra diz: “deixará o homem”. Alguém maduro, capaz de sustentar emocional e financeiramente um relacionamento, uma pessoa preparada para um futuro matrimônio. 
   
   É isso que a Bíblia ensina sobre namoro: o namoro só deve se iniciar quando o casal tem a intenção do matrimônio, e juntamente com a intenção, deve haver uma mínima condição do matrimônio. O que sair disso é apenas lascívia, satisfação da carne para ambos. Isso é pecado.    Se não há propósito do matrimônio, o namoro não é bíblico nem é abençoado por Deus!

    Querem inventar um tipo de evangelho para cada classe de cristão. Nesse caso um evangelho para jovens. Já que a maioria desses ministérios não confiam no poder do Espírito Santo e na Sua capacidade de convencer o pecador, nem são capazes de atrair os jovens pela pregação do Evangelho. Assim, trazem formas alternativas de atrair os jovens, como as “festas gospel”, fazendo disso um ministério, usando camisas coloridas, frases fortes e até “cara-pintada”, dizendo: “somos jovens cristãos radicais”.
    
     Ao invés desses jovens estarem crescendo em conformidade com o caráter de Cristo, estão envolvidos e gastando suas energias nessas atividades, satisfazendo a carne em “festas” que não promovem a santificação e a edificação de nenhum jovem. O único propósito desses eventos é a satisfação pessoal. E aquilo que os jovens não poderiam fazer no mundo, eles estão fazendo dentro da Igreja, e ainda com titulo de “ministério jovem”. Não vejo nada de radical nessas “festas”, nada de extravagante, nem vejo uma maneira do jovem estar cumprindo o que está escrito em Eclesiastes 12.1: gastar sua vida com Cristo.
    
     Não existe um tipo de Evangelho para cada classe de cristão, o evangelho se estende para todas as pessoas de todas as classes, sexos e idade. Não temos que reinventar o Evangelho e trazer formas mundanas para atrair pessoas e mantê-las na Igreja, pois isso não é bíblico, não tem a aprovação de Deus.
    Muitas pessoas usam o trecho no qual Davi aparece pulando diante da arca (1ª Crônicas 15:25-29) para apoiar essa “doutrina gospel” e dizem que essas “festas” simbolizam a nossa alegria, “que temos que ser alegres”… Desculpe mas você deve estudar a Bíblia:
   1º – Davi estava saltando diante da arca – que é a personificação da presença de Deus – com santidade, reverência e temor!
   Entretanto não é isso o que acontece nessas “festas”: as danças e pulos são carnais, dão satisfação e prazer carnal e ninguém ali esta pulando diante da arca, pois ela não e nunca estará presente nessas festas.
    2º – Temos sim que ser alegres todo o tempo (Filipenses 4.4), mas a nossa alegria vem do cumprimento bíblico, vem da obediência a Cristo, ela é fruto do Espírito Santo e esse fruto (alegria) só vem mediante a santidade, pois o Espírito que libera o fruto é “SANTO” e não há santidade alguma nessas festas, nem qualquer sujeição às Escrituras…
   
    Como isso pode dar alegria a um crente genuíno?
    
    Você acha que isso é ser um jovem cristão radical: promover festas, pintar a cara, participar de acampamentos extravagantes? Isso não é o radical bíblico! Jovens radicais como a Bíblia ensina é ser como Estevão, como “o jovem Estevão”.
    
    A Bíblia narra que “Deus fazia prodígios (Atos 6:8) pelas suas mãos”. Você já parou para estudar o que significa a palavra “prodígio”? São milagres, coisas inexplicáveis, escândalos! Estevão virou sua geração de pernas para o ar: pregando o Evangelho, ganhando almas, não vivendo para si mesmo, não se perdendo em relacionamentos precoces, mas foi um jovem de profunda vida devocional com Deus, de entrega, de marcas, que chegou ao absurdo de ser o primeiro mártir da Igreja.
   
Veja o que Atos 7:56-60 narra a respeito desse jovem: “Mas ele, estando cheio do Espírito Santo, fixando os olhos no céu, viu a glória de Deus, e Jesus, que estava à direita de Deus.
    E, expulsando-o da cidade, o apedrejavam. E as testemunhas depuseram as suas capas aos pés de um jovem chamado Saulo. E apedrejaram a Estevão, que em invocação dizia:
    Senhor Jesus, recebe o meu espírito. E, pondo-se de joelhos, clamou com grande voz:
    
   Senhor, não lhes impute este pecado. E, tendo dito isto, adormeceu.”
   
  E você continua achando que é um jovem extravagante, quando obedece a um “líder de louvor” que diz: “tira o pé do chão”? O que você faz obedecendo essas coisas não tem nada de extravagante. Dar “amassos” na sua namorada, usar as roupas que você usa, falar as coisas que você fala e fazer parte dessas “festas gospel” não tem nada de extravagante nem de radical!

    O jovem Estevão sim era radical, tendo feito tudo que fez em prol de Cristo, uma vida dedicada desde a juventude para Cristo e, quando foi apedrejado pelos seus piores inimigos disse: “Senhor não considere os pecados deles”.
    
   Estevão estava querendo dizer: “mesmo nessa situação que estou passando eu os amo, quero vê-los na glória comigo. Perdoe eles. E dê a eles uma chance de receberem a Jesus e o precioso
    Evangelho do Cristo com quem eu vou me encontrar agora. Amém!

    Assim como Daniel, intentaram em seus corações não se contaminarem com os manjares do rei (Daniel 1:8-16). Note que atitude tremenda: quando todo um povo se deleitava com os manjares do rei, os prazeres, os benefícios da carne, a luxuria, o bem estar, a auto-satisfação, esses jovens não não se contaminaram – o que eles mostraram com isso?
    Que eram separados das práticas mundanas, eram santos! Santidade não é uma coisa que se vê hoje em dia no meio da juventude (separação do mundo).
    
     Na atualidade, cada vez mais o jovem cristão é parecido com o mundo, com a sociedade mundana, não há diferença com os demais jovens mundanos, pois eles se vestem iguais, assistem a mesma coisa na TV, suas palavras são iguais, frequentam “quase” os mesmos lugares, ou seja, vivem se contaminando com as iguarias do rei e por estarem contaminados acabarão se dobrando ou até já se dobraram ao rei – ao deus desse século – prostrando-se diante da sua estátua (Daniel 3).

     Mas Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, quando o edito real foi dado, dizendo “que todos deveriam adorar a estátua e que aquele que não a adorasse seria lançado no forno…”, o que eles fizeram? Preferiram ser queimados a traírem o seu Deus, a se dobrarem a um sistema ímpio e corrupto. Então, vendo que eles não se dobravam, o rei manda jogá-los na fornalha, sete vezes mais quente.
    
    Oh! Meu querido, isso sim é ser radical, que coisa mais linda, que testemunho de fé, de entrega, que convicção ainda na sua juventude. Esses sim estavam gastando sua vida “nos dias da sua mocidade”, arriscando-a pela causa, pelo verdadeiro REI: O Senhor dos Exércitos! Não se importaram com a fornalha, nem com qualquer outra oposição, sendo lançados lá dentro.
     
    É isso que a Igreja atual precisa, é desse tipo de jovens que a Igreja atual, que a Terra necessita: jovens ousados, intrépidos, que amam a Deus sobre todas as coisas, que não temem o rei, nem a fornalha e nunca se contaminarão com os seus manjares! E o final da passagem você já sabe: Jesus entrou e andou com eles na fornalha.
    
É isso que estou tentando dizer. Assim como esses jovens bíblicos e tantos outros, gaste sua juventude, use toda a sua força servindo a Jesus Cristo, obedecendo fielmente sua Palavra, adquira marcas, novas experiências a cada dia, cresça com homens mais velhos, como diz Provérbios 13:20.
     Faça visitas com eles em presídios, em hospitais, cultos familiares, siga seus conselhos, aprenda com sua reta conduta.
     
   Esse é o tempo para que essas coisas aconteçam, tempo também de pregar o Evangelho, período no qual temos que ganhar o maior número possível de almas, pois temos disposição para ir e vir!
    
   A juventude é a época de abrir mão de muitas coisas, pois a maioria dos jovens são solteiros e podem dispor de tempo e recursos. Não hesite em pregar o Evangelho, a seara está madura: vá até ela, lance a preciosa semente, forme discípulos, crie um ministério pessoal… Quando você acha que vai ganhar almas?
     
     Quando você acha que vai ter disposição e tempo para caminhar com os discípulos até gerar Cristo neles, o que custará lhe muito? Quando você for mais velho? Quando for casado? Quando tiver filhos? Não, impossível!
     
    A hora é agora, nos dias da sua mocidade. Vá meu filho, pois João escreveu: “jovens sois fortes” (1ª João 2:14). Vá, Deus está adiante de você como um fogo consumidor, destruindo seus inimigos, quebrando as portas de ferro, os ferrolhos de bronze, alie à sua robustez, dinâmica, espontaneidade, o conhecimento bíblico e o poder do Espírito Santo, então ninguém irá te deter!
    
Você poderá ser um novo profeta, um novo Elias desse tempo. Como eu disse: Vá!
     Desenvolva também um relacionamento pessoal com Deus, tenha um ministério particular com Deus, quero dizer, uma vida devocional intocável.      
    
    Cresça na comunhão, na intimidade, seja participante da natureza divina (2ª Pedro 1:4), pois então você se tornará um grande homem ou uma grande mulher de Deus. Eu sei que por ser jovem você está cheio de sonhos, planos e projetos futuros… Mas saiba: eles só se concretizarão segundo a vontade de Deus e Deus conhece cada um deles!
    
    Tenho certeza que Ele colocará a própria vontade Dele em você e fará muitas vezes que a sua vontade automaticamente seja a Dele.
    Seguindo todos esses passos teremos uma nação forte, uma sociedade honesta, uma Igreja poderosa e, principalmente, ministros do Evangelho com caráter, maduros, preparados e é isso que a Igreja atual mais necessita.
     Esse de quem estou falando é você meu jovem, está tudo em suas mãos. Que o Espírito Santo te convença e te leve a uma vida intensa com o Senhor e que você gaste toda ela na sua mocidade.

POR DEFESA DO EVANGELHO



Eliabe Nascimento


segunda-feira, 15 de julho de 2013

1ª EPÍSTOLA DE PAULO AOS SANTOS TUPINIQUINS

  Como seria uma carta escrita à igreja brasileira pelo maior escritor do Novo Testamento, o apóstolo Paulo? Observando os temas abordados por ele e dirigidos à ainda incipiente Igreja Primitiva, e considerando que muitos problemas enfrentados por aquelas igrejas se perpetraram também em nosso território, podemos imaginar, através de uma paráfrase de seus escritos, o velho apóstolo escrevendo uma epístola de admoestação e exortação em letras bem grandes para nós.

Prefácio e Saudação
   Paulo, apóstolo, não da parte de homens, mas por Jesus Cristo e por Deus Pai, a todos os santos e fiéis irmãos em Cristo Jesus, que se encontram em terras brasileiras, graça e paz a vós outros.

Exortações à Igreja
   Rogo-vos para que não haja partidos entre vós. Mas vejo que é isso que está ocorrendo, pois uns dizem: eu sou de Malafaia; outros, de Macedo; outros, do Soares. Quem é Malafaia? Quem é Soares?[1] Por acaso Cristo está dividido? Não são neles que devemos postar nossos olhos, mas em Cristo, o único que morreu por nós.
Vejo que ainda sois meninos na fé quando o propósito de cada um é só buscar bênçãos para si, visando os próprios interesses e não o interesse do Corpo. Digo-vos que a maior benção já vos foi concedida na cruz quando fostes resgatados da morte e das trevas. Agora, aprendam a viver contentes e dar graças a Deus por tudo [2].

Sinais e Prodígios
   Assim como os judeus pediam sinais em minha época [3], há muitos que só pensam em prodígios e maravilhas: fazem correntes e marcam hora para as curas se efetuarem, e eu já havia advertido aos seus irmãos de Tessalônica que tão somente orassem o tempo todo, [4], pois apenas Deus é quem sabe a hora de atender. Eu mesmo deixei Trófimo doente em Mileto, [5] o amado Timóteo foi medicado enquanto esperava o Senhor curar sua gastrite, [6] e Epafrodito adoeceu mortalmente chegando às portas da morte [7]. Por que entre vós seria diferente?

Outras admoestações
   Estão fazendo rituais para amarrar demônios e declarar que as cidades do Brasil são do Senhor Jesus. Nunca vistes isso em mim. Pelo contrário, preguei o evangelho em Éfeso, mas a cidade continuou seguindo a deusa Diana. No Areópago de Atenas riram e zombaram de minha pregação, e poucos aceitaram a palavra do evangelho; como eu iria dizer que Atenas era do Senhor Jesus? Em Corinto, a prostituição continuou a dominar a cidade, e em Roma, as orgias e as dissoluções da família até se intensificaram no decorrer dos anos. Dizer que Roma pertencia ao Senhor Jesus seria uma frase que levaria ao engano os poucos irmãos verdadeiramente convertidos.
Na verdade muito me esforcei e fiz de tudo para ver se conseguia salvar a alguns [8]. Nunca ensinei a reivindicar territórios, mas tão somente orava a Deus que me abrisse uma porta para pregar a Palavra [9].

Cuidado com os falsos apóstolos
   Há muitos homens gananciosos aparecendo no meio de vós dizendo que são apóstolos e criando hierarquias para exercer domínio uns sobre os outros, coisa que nunca aceitei. Porque tanta preocupação com títulos? Por que ninguém se contenta em ser chamado simplesmente servo? Pois é isso é o que realmente importa. Saibam que há muitos obreiros fraudulentos transformando-se em apóstolos de Cristo[10].
Já vos advertira que depois da minha partida, entre vós penetrariam lobos vorazes que não poupariam o rebanho de Cristo[11].

Sobre os dons espirituais
   Soube que muitos estão preocupados com os dons. É verdade que eles são importantes, mas o Espírito concede a cada um conforme melhor lhe convém [12]. Tenho percebido que valorizam principalmente os dons sobrenaturais – como falar em línguas, visões, curas e revelações – e esquecem-se que ensinar bem as Escrituras, administrar com zelo as coisas de Deus e promover socorro aos necessitados também são dons espirituais [13].
Mas o que eu quero mesmo é que estejais buscando para suas vidas o fruto do Espírito. Não adianta ter fé suficiente para curar pessoas, transportar montes e expulsar demônios se ficam devorando uns aos outros, [14] se não têm amor, se provocam rixas e intrigas entre si e dão mau testemunho.

Ofertas ao Senhor
   Quanto às ofertas e sacrifícios, já falei por carta: no primeiro dia da semana cada um separe segundo sua prosperidade [15]. Nunca fiz leilão de bênçãos do Senhor, desafiando o povo a ofertar começando com 10 moedas de ouro até chegar ao que tinha um denário. O único sacrifício aceitável por Deus já foi feito na cruz pelo seu Filho Jesus.
Quando Deus me der oportunidade de visitar-vos quero conhecer os que estão se enriquecendo com o Evangelho e enfrentar-lhes face a face. A piedade jamais pode ser fonte de lucro [16] e se continuarem nessa sórdida ganância haverão de sofrer muitas dores [17]

A busca da verdadeira maturidade
   É imprescindível que manejem bem a Bíblia, pois chegou ao meu conhecimento que esta é uma geração tão ignorante da Palavra que estão sendo enganados por lobos vorazes, que trazem enganos e sofismas, e a esses, de boa mente, os tolerais [18]. Lembrem-se que quando preguei em Beréia o povo consultava a Palavra para ver se as coisas eram de fato assim [19].Porque não fazeis vós o mesmo? Ora, os ardis de satanás vêm sempre disfarçados na pregação de um anjo de luz [20].
Vejo que entre vós há muitos acréscimos e deturpações daquilo que falei. Admoesto-vos a que não ultrapasseis o que está escrito [21].

As saudações pessoais
   Rogo-vos, irmãos, que noteis bem aqueles que provocam divisões e escândalos; afastai-vos deles, porque esses tais não servem a Cristo, e sim a seu próprio ventre [22]. Em breve vos vereis. Saudai-vos uns ao outros com um beijo no rosto [23].

A bênção
   A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vós [24].

REFERÊNCIAS
[1] (1Co 3.5), [2] (Fp 4.11; 1Ts 5.18), [3] (1Co 1.22), [4] (1Ts 5.17), [5] (2Tm 4.20), [6] (1Tm 5.23) [7] (Fp 2.27-30),
[8] (1Co 9.22), [9] (Cl 4.3), [10] (1Co 11.3), [11] (At 20.29), [12] (1Co 12.7), [13] (Rm 12.7-8), [14] (Gl 5.15), [15] (1Co 16.2),
[16] (1Tm 6.5), [17] (1Tm 6.10), [18] (2Co 11.4), [19] (At 17.11), [20] (2Co 11.14), [21] [1Co 4.6] [22] (Rm 16.17-18),

[23] [Rm 16.16], [24] (2Co 13.13).

Fonte: http://www.metodista.org.br/index.jsp?conteudo=6469


Caloroso abraço aos meus irmãos e irmãs em Cristo Jesus nosso Senhor! Até breve... Querendo nosso SENHOR JESUS!!!

Eliabe Nascimento

sábado, 9 de fevereiro de 2013

CARTA DE REFUTAÇÃO E RESISTÊNCIA AO FALSO EVANGELHO

  Ao ler esta passagem das escrituras, epístola de Paulo aos (Gálatas 1:vers.6 a 10), palavras do apóstolo, que faz um alerta (exortação), através desta carta aos irmãos que residiam na Galácia, pois já tinha estado com eles em outra ocasião. 
(A Galácia era uma província romana que ocupava a parte central da Ásia Menor, no que é hoje a Turquia)

    As mesmas palavras de Paulo ecoam em minha mente, e vejo a face de alguns daqueles irmãos, semelhante a muitos que se dizem seguidores de Cristo nos dias atuais, e observo que, "quase todos", (não estou dizendo todos). É com pesar, que posso assim dizer, em sua maioria, continuam a aceitar ensinamentos totalmente contrários, alheios e desconhecidos aos ensinamentos do nosso Senhor e mestre, e preferem seguir doutrinas fantasiosas e de demônios, deixando de viver o verdadeiro evangelho da graça de Cristo (nova aliança), e isso tem acontecido tanto dentro das instituições eclesiásticas, quanto fora delas, vejam logo no início da carta de Paulo aos irmãos daquela localidade.
    Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho, o qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo.” (Gálatas 1:vers.6 e 7).
      Em tom aparentemente sarcástico e irônico ele diz: “Maravilho-me”... 
Hoje soaria como: Muito engraçado não é!... Ou, seus engraçadinhos!... Que dão ouvidos a espíritos enganadores e mentirosos...
      Suas palavras continuam, e mostram um ponto que muitos fazem de conta que nunca leram, quando Paulo diz... 
  Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. Assim como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo: se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema.” (Gálatas 1:vers.8 e 9).
       Que seja anátema (maldito) todos que anunciam outro evangelho, que não seja o do nosso mestre Jesus Cristo, até ele próprio se incluiu, caso isso ocorresse... ou seja, pregar outro evangelho que não fosse o verdadeiro evangelho da graça do Senhor Jesus. 
        Vejam, portanto a seriedade que foi naquela época, e que deve ser levado bem a sério em nossos dias, pois o evangelho da graça redentora do Senhor e Salvador Jesus Cristo não é brincadeira, como pensam alguns, ou que o evangelho tenha que se adaptar a alguma "cultura" ou coisa do tipo, onde seja pregado. 
      Posso afirmar que, em nenhuma parte da bíblia encontro um evangelho de mistura de pensamentos, tanto místicos quanto platônicos, ou com técnicas mirabolantes.    
     Como uma camuflagem "teológica" ou ideologia do Camaleão.
      Um animal que possui três tipos de células coloridas, vermelha, amarela e marrom, embaixo do Camaleão existe a mistura das cores, assim ele consegue se camuflar na vegetação e ficar fora do alcance dos predadores.
    Muitos estão entre nós, os falsos lideres religiosos, lobos disfarçados de ovelhas, falsos profetas, falsos cristos e falsos irmãos, que ensinam práticas horrendas aos olhos do Senhor.
   Algumas existentes desde antes da vinda do Senhor Jesus a este mundo. 
   Hoje em dia, vemos, a tal "teologia" da prosperidade, uma das grandes heresias deste fim dos tempos, tão apreciada e seguida no meio “evangélico”, cura interior, reteté, sapatinho de fogo, arranca do diabo, as famosas frases: saí satanás e não volte nunca mais... tá amarrado... "eu" determino a vitória, as conhecidas profetadas gospel.
   E uma das manifestações mais graves dos últimos tempos, são as famosas músicas estilo gospel totalmente com adoração e culto ao "EU" e não a DEUS e muitas delas completamente profanas.
   E segundo as palavras de Paulo são anátemas (malditos)...
   Não há meio termo nesta passagem das sagradas escrituras, e nas palavras finais sobre este tema Paulo diz que, não fala para agradar homens, ou quem quer que seja, mas diz aquilo que o Senhor Deus colocou em seu coração, através do Espírito Santo, e a gratidão, obediência e respeito é dada somente a Deus como um servo faz, para com seu Senhor.
  “Porque persuado eu agora a homens ou a Deus? Ou procuro agradar a homens? Se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo.” (Gálatas 1:vers.10)


Espero não demorar em trazer novas postagens, sobre a carta do nosso irmão Paulo, aos irmãos da Galácia.

Forte abraço aos meus irmãos e irmãs em Cristo Jesus nosso Senhor! Até breve... Querendo nosso SENHOR JESUS!!!


 Eliabe Nascimento

terça-feira, 1 de março de 2011

OS BBB'S "BIG BÔBOS BRASIL" DA MÍDIA

    Farei um breve comentário sobre o que penso a respeito do BBB da globo, realmente este programa para mim nunca foi sinônimo de amizade e companheirismo, estão ai as últimas edições que não me deixam pensar de outra maneira. 
   Mostrando exatamente o contrário, disputas acirradas, brigas descabidas, discussões sem sentido, baixarias entre os participantes para conquistar o tão sonhado prêmio de R$ 1.500.000,00 (Um Milhão e meio de reais) são a tônica do jogo, o vale tudo para obter a tal "independência financeira". 
   A cada nova edição fica mais evidente, na realidade o que acontece lá, são "acordos" entre os jogadores para ganhar o carinho e admiração do público que os assiste no lado de fora da casa mais "vigiada do Brasil", com seus ditos "heróis", até a "Grande final", e depois disso é salve-se quem puder. 
   Ninguém entrar lá só para "curtir" e "aproveitar o momento", todos que entram, na verdade entram para ganhar o prêmio máximo, agora se depois de tudo isso acontecer, e algum participante continuar uma chamada "amizade de brother" fora da casa é outros quinhentos, e as intenções da globo em querer continuar enganando os seus telespectadores. 
   Com Arrecadações milionárias, e por que não dizer bilionária, através dos que votam em seus tão "queridos Brothers  e premiando o vencedor com uma verdadeira mixaria em relação ao que realmente eles arrecadam em cada edição. 
   Porque eles não mostram os valores que eles já ganharam com todas as edições dos seus BBB'$$ nesses 11 anos? 
   Deixo esta pergunta no "AR"...
Portanto para mim, não há nada que se acrescente em assistir o BBB da globo.

Deixo esta leitura para reflexão:


2ª Timóteo 3 

1. SABE, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. 
2. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, 
3. Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, 
4. Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus.


quarta-feira, 5 de maio de 2010

DEUS CAPACITA OS ESCOLHIDOS

  Meus amados! A paz e a graça de Jesus Cristo nosso Senhor e Salvador estejam convosco.
 Recebi um e-mail nesta semana, de um irmão em Cristo que já faz alguns anos que não vejo pessoalmente, irei compartilhar com vocês, espero que  tirem alguns minutos para reflexão, sobre esta história tão linda e maravilhosa, como a que será apresentada.
 Conta certa história, que estavam duas crianças patinando num lago congelado.
 Era uma tarde nublada e fria e as crianças brincavam despreocupadas.
 De repente, o gelo se quebrou e uma delas caiu, ficando presa na fenda que se formou.
 A outra, vendo seu amiguinho preso e se congelando, tirou um dos patins e começou a golpear o gelo com todas as suas forças, conseguindo por fim quebrá-lo e libertar o amigo.
 Quando os bombeiros chegaram e viram o que havia acontecido, perguntaram ao menino:
- Como você conseguiu fazer isso?
É impossível que tenha conseguido quebrar o gelo, sendo tão pequeno e com mãos tão frágeis!
Nesse instante, um ancião que passava pelo local,
comentou:
- Eu sei como ele conseguiu.
Todos perguntaram:
- Pode nos dizer como?
- É simples - respondeu o velho.
- Não havia ninguém ao seu redor, para lhe dizer que não seria capaz.

"Deus nos fez perfeitos e não escolhe os capacitados, mas
CAPACITA OS ESCOLHIDOS.
Fazer ou não fazer algo só depende de nossa vontade e perseverança

Mt 22:14- Porque muitos são chamados.
MAS POUCOS OS ESCOLHIDOS.

Confie...

As coisas acontecem na hora certa.
Exatamente quando devem acontecer!

Momentos felizes, louve a Deus.
Momentos difíceis, busque a Deus.
Momentos silenciosos, adore a Deus.
Momentos dolorosos, confie em Deus.
Cada momento, agradeça a Deus.

Que o Senhor Jesus Cristo vos Abençoe ricamente!

Até a próxima, querendo o Senhor Deus.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

O VERDADEIRO EVANGELHO

   Desde os primórdios do genuíno evangelho de Cristo,  vejo nos relatos bíblicos e históricos, entre os quais, os ataques e perseguições dos seus inimigos, observando que não é de hoje, para não dizer há muito tempo, que o verdadeiro evangelho do Senhor Jesus Cristo, tem sido atacado brutalmente, por homens maus, cujos corações pertencem a satanás, fazendo assim oposição a sã doutrina deixada pelo Senhor,  relatos estes apresentados que provam por si os prognósticos relacionados aos eventos finais.

    A cada noticiário que é mostrado nas "redes" de TV's pelo país, vemos a farsa que há, por trás dos meios de comunicação, principalmente as mídias televisivas e radiofônicas  que tentam a todo custo, continuar com suas mentiras e manipulando informações sobre vários acontecimentos, já não consigo deitar em minha cama e contemplar com olhar de um "mero" telespectador como eles dizem, as mentiras deslavadas e a fácil manipulação das mentes já enfraquecidas pelo acumulo de tanta porcaria que elas mostram, se debruçando em meio aos seus falsos encantos que levarão os incautos a um fim terrível.

    É lamentável ver isto acontecer, mas sei que isto é algo profético, não podemos escapar a este tipo de perseguição, li nas escrituras o exemplo de todos os que já foram perseguidos, e mortos por professarem sua fé em Cristo, e o mesmo, deu sua vida pelos seus, e não por todos como querem alguns, muitos pensam por ai que basta a pessoa ser boazinha para alcançar a salvação, engana-se quem pensa dessa maneira.

v8. "Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; 
v9. não de obras, para que ninguém se glorie. 
v10. Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas.
(Efésios capítulo 2 vers. 8 a 10). 

   Este é um texto bastante claro em relação à questão das obras, e das pessoas que se apoiam nessa busca por salvação por meio delas, só existe uma maneira de nos achegarmos e alcançarmos a tão grande salvação de nossas almas diante a presença de Deus, e ela esta na pessoa de seu filho, o Senhor Jesus Cristo, o verdadeiro Evangelho não segundo conceitos humanos e sim vindas do próprio Deus o criador de todas as coisas.

"v1. Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. 
v2. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar. 
v3. E, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também. 
v4. E vós sabeis o caminho para onde eu vou. 
v5. Disse-lhe Tomé: Senhor, não sabemos para onde vais; como saber o caminho? 
v6. Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim. 
v7. Se vós me tivésseis conhecido, conheceríeis também a meu Pai. Desde agora o conheceis e o tendes visto. 
v8. Replicou-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos basta. 
v9. Disse-lhe Jesus: Filipe, há tanto tempo estou convosco, e não me tens conhecido? Quem me vê a mim vê o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai? 
v10. Não crês que eu estou no Pai e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo por mim mesmo; mas o Pai, que permanece em mim, faz as suas obras. 
v11. Crede-me que estou no Pai, e o Pai, em mim; crede ao menos por causa das mesmas obras. 
v12. Em verdade, em verdade vos digo que aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço e outras maiores fará, porque eu vou para junto do Pai. 
v13. E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. 
v14. Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei. 
v15. Se me amais, guardareis os meus mandamentos.
(João 14: 1 a 15).

Até a próxima, querendo o Senhor Jesus Cristo.